Fúria de Quê mesmo?


Estréia da semana

OPINIÃO

por Caroline Araújo

Quando recordo de algumas coisas da infância, uma das mais gostosas é lembrar das infindáveis tardes de sessão da tarde onde revia, re-revia e cansava de tanto “re -assistir” filmes que embalaram os anos 80 com maestria. Entre esses “Clássicos” logicamente encontram-se aqueles toscos (porém bons) filmes de mitologias gregas, heróis super romanceados( não existem heróis como antigamente), lendas e por ai vai. Eis que então, décadas após aquelas tardes ensolaradas regadas a pipoca e guaraná bemmmm geladooo, uma refilmagem de uma desses “tesouros” chega abalando Bangu nos efeitos especiais nos cinemas mundiais. Mas é apenas poeira estrelar, não passa disso.

“Clash of Titãs – Fúria de Titãs” (2010) dirigido por Louis Leterrier, é algo, assim tão, tão distante da essência mitológica que; cara, que saudade da versão “toscographic” de 1981.

Leterrier que tem no currículo nada mais que “O incrível Hulk” fez uma “homenagem”      (segundo ele disse em várias entrevistas) a Masami Kurumada, criador do mangá japonês        “Cavaleiros do Zodíaco”, que segundo Louis é sua referencia para a nova película dos Titãs.

Okay para Tudo!!! Para, mas para mesmo! Tudo bem que Pegasus lindo, sedoso e negro aparece para ajudar Perseus, mas gente, onde foi que Leterrier bateu a cabeça? Não existe ritmo de montagem, tudo se arrasta, o thiller é mais empolgante que o próprio filme, sem contar que Sam Worthington como nosso semi-deus, não convence nem aqui nem na LUA!!! Aquele rosto redondo dele na tela, gente, HOMEM VIRIL e herói têm rosto QUADRADO!!!! Isso até a teoria evolutiva de Darwin atesta!!

Sem falar na falta de expressividade, sem falar aghhhhhhh, acho qeu nem um balde de coca – cola na tela passa a ira. Ralph Fiennes e Lian Neeson como Hades e Zeus, salvam algumas coisas, eis a diferença de bons atores para mequetrefes de plantão. Andrômeda, putz, meu, existem belas BEM MAIS BELAS e por vezes mais com um “Q” que faria céus e terras tremerem, mares engolirem cidades e por ai vai, mas essa Andrômeda tá mais para o “Cavaleiros do Zodíaco” que outra coisa.

E os tão falados efeitos 3D? Nas legendas, só se for, elas sim estavam em 3D.  Medusa podia ter sido mais bem explorada, o kraken podia ter mais “Tchan Tchan Tcharannn”, tudo de uma forma geral. Eles tinham uma história riquíssima nas mãos e dinheiro para fazer, e deixaram com que mergulhassem milhares de dólares ralo abaixo. Decepcionante eu diria. E ainda acabam com Perseus com aquele cara lua cheia que só serviu até agora para “Avatar e T:4”. Claro, eram Robôs!!!!!!!!!!

Po rtanto , “ Clash of Titãs” #FAIL. RT please.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s