Everything is BLUE.


Temporada Oscar 2011

Opinião

Por Caroline Araújo

Quase meia noite e acabo de apagar as luzes. Embora deva dormir, pois amanhã o trabalho tende a me empurrar para fora da cama cedo, minha mente repassa em “looping” frações do filme de hoje. Poderia ter sido mais uma entre tantas películas sobre relacionamentos desgastados pelas resignações do tempo. Poderia. Entretanto, a cristalinidade assombrosa como representa a construção de relacionamento é tão verossímil que chega a emocionar instantaneamente.

Temos dois atores de renomados currículos. De um lado Ryan Gosling que com certeza na época do Clube do Mickey Mouse não imaginava chegar ao status atual de sua carreira. Do outro Michelle Williams que deixou bem para trás o tempo de “Dawson’s Creek” e galgou vários degraus positivos na crítica especializada ao redor do globo.

“Blue Valentine – Namorados para Sempre”(2010) dirigido por Dereck Cianfrance que assina o roteiro em conjunto com Cami Delavigne e Joey Curtis é devastadoramente franco e tristemente belo na composição das performaces de Ryan Gosling e Michelle Williams que dão vida a Dean e Cindy, respectivamente.

Dean é um cara simples. Nenhuma grande pretensão na vida, a não ser, viver mesmo, apreciando-a. Mora só, não sabe o paradeiro da mãe e o pai é um zelador com o qual não tem contato há algum tempo. Trabalha com mudança. Força bruta. Estudos e escola, segundo ele, não são a dele.

 Cindy é uma garota inteligente. Quer ser médica. Vivem entre um relacionamento tempestuoso dos pais e encontra refugio nas horas em que dedicasse a passar com a avó ou entre um e outro amasso com o namorado que pratica luta Greco – romana.

Um inesperado encontro coloca Cindy no caminho de Dean e a partir desse momento um forte e avassalador sentimento germina entre eles. Dean é extremamente carinhoso, brincalhão. Característica que servem para ilustrar que mesmo sem ter tido o carinho e aconchego de uma lar estruturado, ele é uma pessoa boa, descente, responsável e leal. Cindy já é tecida com um ar mais cosmopolita, independente, transgressor, na verdade é uma menina assustada que se esconde em algum arcabouço distante das grosserias do pai e do próprio namorado. A leveza de Dean completa a aspereza de Cindy.

 

Temos na tela um dueto afinadíssimo de Gosling e Williams. A verve apaixonante com o qual dão vida aos seus personagens foi nitroglicerina para Dereck trabalhar as nuances do filme. Não existe espaço para mais nada. São dois titãs duelando em cena, com performances complementares e fluídas numa total simbiose com o projeto em ação.

É uma história de amor real. E por isso é tristemente belo. E por isso é assustadoramente intenso. O ponto nevrálgico é a forma como Dereck coloca as histórias na tela. Conhecemos os dois personagens por inteiro. Vivenciamos a construção da vida à dois deles. Presenciamos o desmoronamento inevitável de ambos. A câmera na mão nos coloca dentro da vida deles de forma asfixiante até nos levar ao desfecho copiosamente dolorido.

“Blue Valentine” tem dado à Ryan e Michelle o reconhecimento que este dois atores merecem. Indicados à vários prêmios, no Oscar deste ano concorre a Melhor Atriz. Um erro. A atuação de Michelle é antológica. Mas, sem Ryan, não se completa e infelizmente ele não teve a indicação. A montagem  de Jim Helton e Ron Patane também merecia uma indicação, assim como a bela fotografia de Andrij Parekh que busca o azul em tudo e a trilha sonora bacaníssima de Grizzly Bear.

Poucas vezes uma alquimia cênica teve tanto sucesso. Os extremos tão próximos das igualdades. Atuações antológicas que levam o espectador e se colocar na pele dos personagens em questão. E ai, o peito explode e aja lenço de papel. Um filme de amor. assim. Ao fim além dos frames que giravam na minha mente, ressoava a frase de Dean no filme que serve para nós em várias situações na vida: ” Não diga nada que você não possa retirar.”

Uma resposta para “Everything is BLUE.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s