O Inglês da vez


the_imitation_game_a_p

 

Temporada de Prêmios

Opinião

Por Caroline Araújo

 

Como é de praxe, cinebiografias sempre chegam vistas com bons olhos na temporada de premiações, em especial se o apuro técnico, firmeza de direção possuem assim, uma pontualidade britânica.

 The-Imitation-Game

“The Imitation Game – O Jogo da Imitação”(2014), dirigido pelo norueguês Morten Tyldum, detém uma linha de produção nórdica impecável, recriando cenários, figurinos e objetos de cena de época de forma absurdamente verossímil, chegando a usar máquinas originais da Segunda Guerra e inclusive optar por filmar em alguns locais onde os fatos reais aconteceram para garantir uma arquitetura visual e a imersão do espectador na história contada de forma mais fidedigna possível.

 Imitation-Game-2-Vogue-31Oct14-pr_b

Trata-se da história de um gênio cientista britânico que não teve a vida fácil, Alan Turing interpretado por Benedict Cumberbatch de maneira brilhante, transformando seu famoso vozeirão agudo, em algo gaguejante e desconcertante, imprimindo a internalização das aflições de um homem obcecado por seu trabalho.

 the-imitation-game-1

Turing é considerado o pai da computação, e a história da sua invenção, onde liderou uma equipe de brilhantes criptógrafos que corriam contra o relógio para decifrar o inquebrável código nazista, ja foi de certa forma contada algumas vezes no cinema. Porém, nunca houve de fato foco na sua vida pessoal: Sua sexualidade.

 download

Esse poderia ter sido o plot point mais ousado do filme de Tyldum, mas que talvez por uma hesitação nórdica, preferiu, pincelar, ao invés de aprofundar. Pena. Turing era socialmente deficiente, mesmo sendo dono de uma das mentes mais brilhantes do século 20. Viveu oprimido e oprimindo um segredo que acabou lhe custando a vida, sua homossexualidade que até então era proibida por lei na Inglaterra daquela época. Esse era o ponto nevrálgico e a cereja desse bolo que passou meio sem açúcar nas escolhas da direção.

 _TFJ0226.NEF

Para ambientar o espectador, o roteiro usa e abusa de artifícios como flashbacks da juventude de Turing, cenas apresentadas fora de ordem cronológica e frames de batalhas da Segunda Guerra e das invasões nazistas. E é através disso que conseguimos entender todo o background do matemático. O que está entre os muros que separam um homem comum de um prodígio? A mente de Turing trabalha só, mas com engrenagens fantásticas. Percebemos isso nas nuances criadas por Benedict que veste a roupa do matemático de maneira inspiradora.

THE IMITATION GAME

Trata-se de uma história real, feita de forma firme e meticulosa (até de mais), resultando num belo filme, com boas e inspiradas atuações, mas que, até mesmo para os padrões atuais de ousadia, se manteve muito cauteloso.

the-imitation-game-review-11

Pense que em tempos de ódio extremado, cura gay e preconceitos tão arraigados nessa sociedade moderna, se você tem hoje a oportunidade de usar um pc, smarthphone, tablete e etc, grande parte, deve-se a esse cara. Que, era Gay. E quantos como ele sofreram, ou sofrem por conta do preconceito. Somente em 2013 a rainha perdoou publicamente a condenação de Turing. Perdoou.

 _TIG2664.NEF

É irônico, porque foi exatamente ele que ajudou a encurtar a guerra em 2 anos, salvando mais de 14 milhões de pessoas, mas foi tido como indecoroso por uma opção pessoal. Pena. Pena. Este era um filme e uma história que MERECIA ( e tinha tudo) para ter ido além. As vezes a tal disciplina nórdica atrapalha um pouquinho. Merece todas as indicações, e principalmente merece ser visto. Cinematografia obrigatória aos cinéfilos de plantão.

the-imitation-game-movie-poster-16

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s